2 de abril de 2013


Sigla: BA
Habitante: Baiano

A Bahia é o mais populoso estado do Nordeste, possuindo um dos maiores potenciais turísticos do país. Recebe todos os anos milhares de turistas, em suas inúmeras e belíssimas praias, localizadas na mais extensa faixa litorânea do Brasil. 4,2% do território baiano consiste em áreas de proteção, parques, cinturões verdes, reservas, estações ecológicas, jardins botânicos ou monumentos naturais. Abriga grande extensão da Mata Atlântica e o rio São Francisco.


Bahia é o berço da história do Brasil. Possui um importante conjunto arquitetônico, tombado pela Unesco como patrimônio da humanidade.
Turismo - O setor de serviços do estado, especialmente o turismo, corresponde a quase um terço de toda a riqueza que a Região Nordeste produz. A Bahia dispõe de uma variedade de atrações no turismo segmentado: esporte/aventura, ecoturismo, folclore, belezas naturais, carnaval, turismo rural. Além das Festas Religiosas já consagradas - como a de Iemanjá e Nosso Senhor do Bonfim -, do Carnaval e das lindas praias, o turista ainda pode visitar:

A Chapada Diamantina, em Jacobina (330 km da Capital), um rico patrimônio natural formado por rios e belas cachoeiras e grutas, em local ainda bastante preservado;

O Parque Nacional Marinho de Abrolhos, onde está a maior variedade de corais do país.

As praias mais famosas do estado da Bahia são: Itaparica, do Forte, Salvador, morro de São Paulo, Comandatuba, Porto Seguro, Arraial D'Ajuda, Trancoso, Caravelas, Lençóis.
Economia - As regiões oeste e do baixo médio São Francisco apresentam potencial para atividades ligadas ao agronegócio, baseadas principalmente na agricultura irrigada. O principal produto agrícola do oeste vem sendo a soja. O algodão e o café surgem também com força, além da mamona, melancia, feijão e a pecuária.

Na pecuária, a criação de caprinos traz bom retorno econômico, assim como a de bovinos, que chegou a atingir 10 milhões de cabeças.

O estado iniciou uma reforma administrativa, com extinção, fusão e incorporação de órgãos e empresas estaduais. Também promoveu uma série de privatizações, concessões de serviços públicos e terceirizações.

Fatos Históricos

Em 1549, o primeiro governador-geral do Brasil, Tomé de Sousa, construiu a cidade de São Salvador, na Baía de Todos os Santos, para ser a capital da colônia. Foi pólo de desenvolvimento econômico de toda a região, por muitos anos. Em 1763, com a transferência da capital para o Rio de Janeiro, Salvador e todo o Recôncavo Baiano entram em declínio.

A província da Bahia, bem como todo o Nordeste, enfrentou, no século XIX, grande empobrecimento, apesar de terem surgido novas áreas de prosperidade econômica, como a zona cacaueira no sul do estado. Nos sertões do norte e do oeste, ao longo da bacia do São Francisco, a população sobrevive da agropecuária de subsistência.

Em 1912, houve intervenção federal, numa represália ao governo baiano pelo apoio dado à oligarquia paulista, contrária ao governo de Hermes da Fonseca.

A partir dos anos 50, iniciou-se o processo de modernização do estado, através da descoberta de petróleo no Recôncavo Baiano, da construção da Usina Hidrelétrica de Paulo Afonso (1954) e da abertura da rodovia Rio-Bahia (1957).

Nos anos 70, foram implantados o Pólo Industrial de Aratu e o Pólo Petroquímico de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, o maior centro industrial do Nordeste.

Dados Gerais

Localização: sul da região Nordeste

Área: 564.273,01 km2

População: 13.070.250

Relevo: planície no litoral, depressão a Norte e Oeste e planície no centro

Ponto mais elevado: serra do Barbado (2.033,30 m)

Rios principais: São Francisco, Paraguaçu, Jequitinhonha, Itapicuri, Capivari, de Contas

Vegetação: floresta tropical, mangues, caatinga e cerrado

Clima: tropical e semi-árido

Hora local: horário de Brasília 

Capital: Salvador 

Habitante: salvadorense, soteropolitano

População: 2.443.107

Data de fundação: 29/3/1549

Dados estatísticos, governo, economia, saúde, transportes, telecomunicações, visite os sites

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Você no Blog Nordestinos Paulistanos
jornalista cidadão.
Envie textos
fotos,
vídeos
Cultura,história da cidade,causos,linguajar,poesia,cordéis e muito mais.

TV Nordestinos Paulistanos

Mais Acessadas