BUSCAR

17 de abril de 2018

PAULISTANOS conhecendo e NORDESTINOS relembrando as coisas do SERTÃO


Para vocês  que são PAULISTANOS e não conhecem as coisas do Sertão Nordestino  e também para os NORDESTINOS que moram em São Paulo e sentem muita saudade das coisas que fizeram parte da nossa infância.Vamos  relembrar 10 coisas?

1- O Jirau é uma espécie de prateleira usada para se colocar panelas e outros utensílios da cozinha bem como nos quartos para servir de base para malas e outros objetos. É feito de galhos de madeira. Alguns tem sua base recoberta com barro, como na foto, outros somente com os galhos de madeira. Usava-se também do lado de fora da janela das cozinhas, antigamente, para lavar louças em cima. Servia também como cama, sendo forrado com uma espécie de colchão feito com tecido e palha. Deriva da palavra tupi "yu'ra".

2- O Pote é um jarro grande de barro, para guardar água. A base onde fica o pote, é feita de tijolos e cimento. A água fica sempre fria e agradável para beber.

3- O Alforje é uma espécie de bolsa grande, feita em couro e dividida em dois compartimentos. Geralmente usado nas montarias onde se levava de tudo, de objetos pessoais a dinheiro. Atualmente existe uma grande diversidade de alforjes, usado em bicicletas, motos, etc.

4- O Cacimbão é um poço grande e fundo, onde se junta água. Suas paredes são revestidas com tijolos e por causa da profundidade, para tirar água de lá é necessário uma corda com um balde na ponta, que vai até o fundo, suspenso por um carretel que se gira enrolando a corda e trás o balde de volta.
5- Tamborete - É um pequeno banco, geralmente em madeira, baixo e pequeno, sem braços nem encosto, com assento para apenas uma pessoa. Ele recebeu esse nome porque é feito de couro de animal (o mesmo material usado para fazer tambores) no início ele se parecia muito com tambores, mas era menor, por isso "tamboretes". Atualmente já se faz com o asento de madeira.

6- Vassoura de palha - É feita com palha de carnaúba, de forma bem tradicional. É amplamente usada no interior e também chegou na cidade há bastante tempo. Até hoje, é utilizada em várias casas, existe inclusive, quem não abra mão desse utensílio.

7- Cuia - É um utensílio doméstico feito da cabaça, serrando-a ao meio, utilizado para se colocar grãos, água, etc. A cabaça inteira, chamada cabaça de colo, é utilizada para transportar água, tanto a cabaça como a cuia, passam por um processo de curtição para não deixar gosto na água.


8- A Cangalha é uma armação de madeira em que se sustenta e equilibra a carga dos burros ou jumentos, geralmente vão com um caçuá de cada lado. A cangalha serve para carregar água, madeira, capim, pessoas, enfim, tem uma vasta utilidade.
9- A Quartinha é um pote de barro onde se coloca pequenas quantidade de água para beber, essa água estava sempre fresquinha e numa temperatura fria, mesmo não sendo colocada em refrigerador. O nome refere-se à quarta parte de uma jarra comum, de um cântaro. Daí o nome: quartinha.

10- O Fogão a lenha é construído em alvenaria e funciona com queimadores de ferro unidos numa única chapa, assentada numa cavidade própria onde é colocada a lenha, ao lado dos queimadores há um cubo formado por placas de ferro onde fica o forno.



Fonte: Parceiro Nordestinos Paulistanos  http://coisadecearense.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria? Deixe seu comentário.

Solução Em Serviços