BUSCAR

25 de maio de 2018

ABC do Sertão - Gonzagão e Fagner

Em 1984, juntos gravaram o álbum ”Luiz Gonzaga & Fagner”, resultado do sucesso de um pot-pourri gravado no disco de Luiz Gonzaga ”Danado de bom”, também de 1984, lançado no início do mesmo ano. Quatro anos depois veio esse álbum, reunindo novamente os dois.

Pelo que pude levantar, numa breve pesquisa pela rede, esse álbum ganhou o prêmio Sharp de melhor disco regional, no início do ano de 1989. A curiosidade fica no fato do rei não ter ido à cerimônia de premiação, quem o recebeu interinamente foi seu filho Gonzaguinha.


Um disco produzido pelo Raimundo Fagner, iniciando as comemorações pelos 50 anos de carreira de Luiz Gonzaga, com co-produção de Gonzaguinha, que participa do álbum na faixa “Noites brasileiras” de Luiz Gonzaga e Zé Dantas.

“Luiz Gonzaga é a própria raiz do Nordeste. A voz maior dos nordestinos, a voz do Brasil é ele. Isso nos deixa envolvidos numa saudade enorme; eu, principalmente, que tive o prazer de gravar dois discos ao seu lado, de estar com ele em shows e conviver com essa força humana incrível que é Gonzagão.” (Palavras de Raimundo Fagner, extraídas do seu sítio oficial)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria? Deixe seu comentário.

Solução Em Serviços