28 de julho de 2017

A IMBURANA
Nome Botânico: Commiphora leptophloeos

Família: Burseraceae
Sinônimos populares:umburana, emburana
A Imburana é árvore típica do Nordeste brasileiro, podendo chegar a uma altura média de 5 metros, muito esgalhada, com ramos tortuosos, com o tronco revestido de lâminas delgadas, lisas e lustrosas. As folhas são alternadas, verde-claro rosadas, ásperas e pequenas. A madeira da imburana é mole e leve, porém homogênea e rija, muito usada no artesanato, na marcenaria e na construção civil. A flor é pequena e vai do marrom ao laranja claro, reunidas em pequenos grupos. O período de floração fica entre setembro a dezembro. Seus frutos chegam ao máximo a 1,5 centímetros e são comestíveis quando bem maduros.


 A semente é ótima para problemas de digestão. No período da seca perde todas as folhas. A propagação é feita por sementes ou estacas. A mais comum é a utilização de estacas que plantadas antes do início das chuvas pegam com muita facilidade e por isso são usadas como cercas vivas nas propriedades rurais, evitando assim ter de sempre substituir as estacas velhas por novas. 
A casca da imburana, como medicamento, é muito utilizada pelos nordestinos, colocada em infusão ou como xarope, principalmente como cicatrizante e tratamento de feridas, gastrite, úlceras. Também é usada contra tosses, bronquites e inflamações do trato urinário. Por fornecer pólen e nectar para as abelhas o seu tronco é muito utilizado por esses insetos nativos para formação de colmeias. O tronco, por incisão fornece um bálsamo sucedâneo da terebentina, muito usado no fabrico de vernizes e lacres. A imburana é nativa do Nordeste e faz parte da cultura nordestina.

Abelha nativa no tronco da imburana

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Você no Blog Nordestinos Paulistanos
jornalista cidadão.
Envie textos
fotos,
vídeos
Cultura,história da cidade,causos,linguajar,poesia,cordéis e muito mais.

TV Nordestinos Paulistanos

Mais Acessadas