30 de abril de 2013

Centro de Barras

Pesqueiro.

PRINCIPAL MEIO DE TANSPORTE MOTOCICLETAS

PRAÇA MONS. BOZON - CENTRO - 2009

CENTRO HISTÓRICO - R. GAL. TAUMATURGO

PLANETÁRIO - PRAÇA MONS. BOZON - CENTRO

CENTRO COMERCIAL/HISTÓRICO

CENTRO COMERCIAL/HISTÓRICO

CENTRO HISTÓRICO - PRAÇA DA MATRIZ

Rio Maratoan 

Rio Maratoan

Rio Longá

Praça N Sra. da Conceição

Praça Monsenhor Borzon por Aderson Neto

Igreja NS da Conceição 

Hospital Regonal Leonidas Melo

Capela Sitio Paraíso Frente

Barras 

Barras

Barras

Balão da Rodoviaria


HISTÓRIA DA CIADEDE
Barras, situada 120 km ao norte de Teresina, fica no centro de 6 barras de rios e riachos como os rios Marataoan , Longá e riachos Ininga, Riachão, Dantas e Santo Antonio.
Mas, no século XX, Barras se originaria de uma fazenda de gado que tinha como comum na época uma capela, construída pelo coronel e fazendeiro Miguel de Carvalho Aguiar, um militar baiano, na fazenda Buritizinho que por sua vez também daria início ao povoamento e a ocupação na região.
As fazendas realmente foram a forma de ocupação do solo e da distribuição dos colonos. O elemento indígena era quase inexistente, havia apenas alguns Alongás. Depois veio o negro para o serviço na lavoura, dando origem as pequenas senzalas.
A igreja , como já sabemos, foi a primeira forma de organização social do povoado e o marco inicial da formação do Distrito, da vida e da cidade.
As primeiras famílias a se radicalizarem no município, vindos da Bahia e Pernambuco estão: os Aguiar,os Cunhas, os Pires Ferreira, os Correia,os Rabelos,os Rodrigues, os Melos, os Borges Leal, os Carvalho de Almeida e os Castelo Branco. 
Por outro lado, o vaqueiro tornava-se o principal tipo humano característico de Barras, também as quebradeiras de coco, as lavadeiras, os pescadores e colhedores de plantas da carnaúba que ainda hoje exercem suas funções “ vivas” na atual sociedade barrense.
Então, somente um século depois,com a povoação, Barras começaria sua emancipação de Campo Maior, que a tinha como condição de Distrito de Juizado de Paz, no ano de 1836.Três anos depois, a antiga capelinha do Buritizinho, se tornaria patrimônio da então N.S. da Conceição: criaria-se por Lei Provincial em 30 de dezembro de 1839, a Freguesia (ou Paróquia ) de Barras tendo seu território desmembrado de Santo Antonio de Campo Maior e de N.S. da Divina Graça de Parnaíba.
Porém, a emancipação política se completaria em 1841 com a Lei de 24 de setembro que funda a vila de N.S. da Conceição das Barras e o mencionado município - cuja instalação se dava em 19 de abril de 1824 - com a posse da primeira Câmara Municipal.
Criada a Freguesia e a Comarca, Barras já tinha todas as características de uma cidade, foi aí então que o governador do Piauí, Gregório Taumaturgo de Azevedo, que instituiu à categoria de cidade pelo Decreto nº 1 de 28 de dezembro de 1889 o qual consta:Eleva-se a cidade de Barras, União, Campo Maior e Piracuruca.
No entanto, Barras começaria a governar o Estado com Coriolano de Carvalho e Silva(1857-1926), o tal governador do Piauí entre os períodos de 1882 a 1886. Em seguida por Gregório Taumaturgo de Azevedo(1853-1921) que governou o Piauí entre 1889 a 1890. Depois foi a vez de Raimundo Arthur de Vasconcelos(1886-1922) governador do Estado, ex- deputado federal e ex- Senador da República. Agora vem David Moreira Caldas(1836-1871) que fundou no Estado o jornal Oitenta e Nove. Mathias Olímpio de Melo(1882-1967) também governador do Piauí entre 1924 a 1928 e Senador da República em 2 legislaturas entre 1946 a 1963. Por fim, Leônidas de Castro Melo(1897-1981), dep. Federal, Senador e presidente do TCU e governador do Piauí entre 1935 a 1945, foi ele quem mais permaneceu no poder do governo estadual. Realmente Barras faz jus a ser chamada a “Terra Dos Governadores”. 

Gentílico

Barrense

Significado do Nome

Para tanto, a palavra no singular barra é a confluência de um rio e riacho, referente a esta, barras é o plural.
Aniversário da Cidade

24 de Setembro

CARACTERÍSTICAS
Clima
Tropical

Temperatura Média
26° C

COMO CHEGAR
Localização
Município da Região Norte Piauiense
Limites
Cabeceiras do Piauí, Batalha,Nossa Senhora dos Remédios.
Acesso Rodoviário

Partindo de Teresina: BR-226 

Distâncias

109 km da Capital.

TURISMO
Principais Pontos Turísticos

Cachoeira da Lapa
Prédios Públicos
Rio Longá
Reações:

Um comentário:

  1. POXA NEM SOU NORDESTINO NEM PAULISTANO,MAS TIRO MEU CHAPÉU POIS ADOREI CONHERCER BARRAS E JUNTO COM OS FILHOS DESSA TERRA TÃO QUERIDA NASCEU O FUNDADOR DA MINHA CIDADE AQUI NO ACRE...THAMATURGO DE AZEVEDO QUE FOI GOVERNADOR..EU TIVE EM BARRAS ACOMPANHADO DO CHIQUINHO DO BIBIU E CONHECI MUITA GENTE BOA...

    ALBERAN MORAES

    ResponderExcluir

Você no Blog Nordestinos Paulistanos
jornalista cidadão.
Envie textos
fotos,
vídeos
Cultura,história da cidade,causos,linguajar,poesia,cordéis e muito mais.

TV Nordestinos Paulistanos

Mais Acessadas