31 de agosto de 2013



Igreja Matriz de S.Antonio de Pádua

Ponte metálica

Casa de Câmara e Cadeia

Igreja N. Sr. do Bonfim

Igreja Santana

Paço Municipal

Casa do Conselheiro

Barragem


HISTÓRIA DA CIDADE 
Capela de Nossa Senhora Senhora da Conceição (1903), Mosteiro da Santa Cruz (1903), Casa de Repouso São José (1903), Igreja Matriz, Açude do Cedro.
História: Suas origens remontam ao Século XVII, quando em 1968, Sesmarias marginais do rio Sitiá foram concedidas a fazendeiros originários do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. Índios, entretanto, representados pelos Tapuias Canindés e Jenipapos, exerceram pressão contrária, forçando a deserção desses investidores, o que resultaria no realdeamento dos relutantes nativos para a Missão de Nossa Senhora da Palma (Baturité). 
Com o abandono dessas terras, novas Sesmarias foram concedidas no mesmo local, desta vez os fazendeiros Manuel Gomes de Oliveira e seu companheiro André Moreira Barros (1705).
Em operação de compra e venda, realizada a 18 de dezembro de 1728, o Coronel Carlos Azevedo adquiriu terras no lugar denominado Quixadá. Em Segunda operação, realizada pelos herdeiros de Carlos Azevedo, essas mesmas terras foram vendidas a José Barros Ferreira (1747). E este, utilizando-se dos recursos materiais e humanos de que dispunha, situou fazenda e edificou capela, dedicando esta, ao orago de Jesus, Maria e José, gerando-se desse primitivo estágio a povoação.
Evolução Política: A elevação do povoado à categoria de Vila provém da Lei nº 1.347, de 27 de outubro de 1870, sendo instalada no ano seguinte. A elevação à categoria de Município decorre da Lei nº 2.166, de 17 de agosto de 1889.
Igreja: As primeiras manifestações eclesiais provêm dos trabalhos e doação patrimonial, constante esta, de meia légua de terras em quadro, além de 100 palmos onde deveria ser edificada a respectiva capela, tendo como doador José de Barros Ferreira. Construída a capela, dedicada ao padroado antes referido, tem-se como referencial de conclusão o ano de 1774. A Freguesia, instalada na primitiva capela e posteriormente ampliada, tem como instrumento de criação a Lei nº 1.305, de 5 de novembro de 1869, constando como seu primeiro vigário o padre Cláudio Pereira de Faria. Sua nomeação data de 4 de fevereiro de 1870, tendo como registro de posse 13 de fevereiro do mesmo ano, permanecendo até 10 de janeiro de 1873. Desse esboço eclesiástico nasceriam a Igreja-Matriz, colégio regido por freiras e a famosa Casa de Repouso da Serra do Estêvam, cuja finura de trato dispensa comentários.

Significado do Nome

A origem da palavra Quixeramobim tem várias versões gramaticais e dentre elas a Carne Gorda por ser a única tradicional, significando como corruptela de quixá, gorda e mobim, carne. Por sua vez, Pompeu Sobrinho, historiador cearense, menciona que primitivamente a palavra Quixeramobim se aplicava não ao rio, mas a uma serrota da atual cidade. A antiga grafia era kieramobim, sendo Kierá corruptela de prirá ou Kirá (pássaro) e obim, verde. Julga-se ser um nome de dicção indígena.

Aniversário da Cidade
15 de Agosto

CARACTERÍSTICAS

Clima 

Tropical quente semi-árido 

Temperatura Média

COMO CHEGAR 

Partindo de Fortaleza: CE-359, BR-116, BR-112

Localização

Sertão Cearense
Limites

Norte: Madalena; Sul: Senador Pompeu, Solonópole e Pedra Branca; Leste: Quixadá, Banabuiú e Choró; Oeste: Boa Viagem.

Acesso Rodoviário

CE-359, BR-116, BR-112

Distâncias154 km da Capital 
TURISMO
Principais Pontos Turísticos Paço Municipal
Barragem de Quixeramobim 
Pedra do Letreiro(Sítio Arqueológico) 
Acidentes Geográficos
Serra dos Macacos e da Independência, Morro do Urubu, Rios Banabuiú, Choró e Sitiá; Riacho Guaratibas. Açudes Pedra Branca, Cedro e Choró. 
Atrativos Naturais Serra do Estêvão, Açude do Cedro, Pedra da Galinha Choca, Pedra do Cruzeiro, Pedra Falante, Gruta do Pajé.
Casa de Câmara e Cadeia 
Iniciados em 1818, os trabalhos de construção da Câmara Municipal de Quixeramobim foram concluídos em 1856, quando passou a sediar os poderes Executivos e Legislativos municipais Tombada pelo patrimônio Histórico, em 09/02/1972, no andar térreo funcionou a antiga cadeia pública local e, sob um alpendre, no alto da escadaria de dois lances que dá acesso ao pavimento superior, um sino de bronze funcionou até o final dos anos 50, para chamar o povo para ás sessões da Câmara e do tribunal do júri e aos horários de expediente do comercio local.Hoje a Câmara Municipal de Quixeramobim continua em atividades no prédio sendo suas sessões realizadas todas as quartas. 
Ponte Metálica 
Inaugurada no dia 5 de fevereiro de 1899, Formada por quatro vãos de 52,4m, a ponte tem uma extensão total de 209,6 metros, pesa 488 toneladas e já foi a terceira maior do gênero em todo a América do Sul. Depois de desativada, a velha ponte metálica despertou o interesse quanto à sua importância histórica e turística, sendo restaurada em suas cores originais, dotada de grades laterais e passarela de madeira afixada sobre os trilhos e colocada ao tráfego regular de pedestres. Caracterizando-se como um dos mais interessantes destaques do catálogo de atrações turísticas da cidade.
Marco do Centro Geográfico do Ceará
Marco obelisco com cerca de 10 metros de altura, em granito e aço que foi anteriormente instalado pelo IBGE que referencia o presumido ponto de eqüidistância geodésica do Estado; fica na Praça Dias Ferreira. Quixeramobim portanto, é conheicida como a cidade Coração do Ceará.
Casa de Antônio Conselheiro
Antiga Casa Comercial e Residencial de Antônio Vicente Mendes Maciel, o ilustre Antônio Conselheiro. Este patrimônio histórico apresenta uma frente com cinco portas, numa construção sólida e ampla, que sofreu apenas algumas modificações na parte interna. Onde também morou o Compositor e arquiteto Fausto Nilo Costa, foi comprada pelo o governo do estado do Ceará e tombada pelo patrimônio histórico estadual no dia 11 de Janeiro de 2006 com a presença do ministro da Cultura Gilberto Gil, hoje estar aberta à visitação com uma exposição fotográfica sobre a guerra e de canudos. 
Igreja Matriz de Santo Antonio 

Tem suas origens na primitiva capelinha de taipa construída e entregue aos fiéis no ano de 1732 por Antonio Dias Ferreira. Compleição externa da arquitetura do templo, sofreu algumas alterações ao longo de diversas reformas, a última das quais realizada entre 1886 e 1916 (quando teve acrescida mais uma torre), sendo preservada, porém, na versão original de seu estilo barroco, com fachada em frontispício neoclássico. Seu piso original foi substituído por granito e suas colunas revestidas por lajotas de cerâmica.

Igreja de Santana

construção desta Igreja data de 1870 e foi edificada pelo Dr. Francisco de Assis Bezerra. O Desembargador Francisco de Assis Bezerra de Menezes, construiu a atual Capela de Santana, em homenagem a sua genitora que se chamava Ana, fazendo vir da Itália a belíssima imagem que ainda é venerada na Igreja matriz de Quixeramobim. A imagem de Nossa Senhora de Santana, segundo consta, é esculpida em um só bloco de madeira, foliado a ouro, constituindo-se uma raridade em termo de arte e história. Aquela riqueza sacra, foi transferida para a Igreja matriz em razão de seu valor e desativamento da Igrejinha de Santana, que atualmente está cedida ao movimento dos Alcoólicos Anônimos (AA), que a conserva.Igreja de Nosso Senhor do Bonfim 
Teve sua construção iniciada em 1810. Entretanto, antecedendo à Igreja, no local existia um nicho onde os fiéis se reuniam à noite e sob a luz de velas, recitavam o terço e a ladainha. A Igreja do Bonfim, como a de Nossa Senhora do Rosário e a Matriz, serviu, por algum tempo de campo santo. Ali, entre outras pessoas, foi sepultado em 05 de abril de 1855, Vicente Mendes Maciel, o pai de Antonio Vicente Maciel -o Antonio Conselheiro. Em 1902 começa o período de maior destaque desta Igreja, quando passa a funcionar como matriz, até 15 de agosto de 1916, por ocasião de uma reforma do principal templo da Cidade. 
EVENTOS
Janeiro
- Folia dos Reis
Maio
- Coroação de Nossa Senhora 
Junho
- Festa do Padroeiro Santo Antônio 
Setembro
-Vaquejada
Outubro
- Festa de São Francisco
Novembro
-Os Sertões
Dezembro
- Festival internacional de Trovadores e Repentistas 

Informações Úteis 

Prefeitura Municipal de Quixeramobim. 
gabinete@quixeramobim.ce.gov.br 
(88) 3441-1326 - (88) 8812-6538 


CARTÓRIO QUEIROZ ROCHA
RUA CÔNEGO AURELIANO MOTA, 154 - CENTRO
QUIXERAMOBIM - CEARÁ
Telefone : (88) 3441-0026
Reações:

3 comentários:

  1. Curti muito as fotos as histórias enfim, tudo adorei o blog! :)

    ResponderExcluir
  2. Agradecemos sua visita!!Ideias imagens,historias pode mandar para que seja publicadas.
    Abraço arretado do Leanderson Amorim(Blog NordestinosPaulistanos)
    Curta nossa Página no Facebook.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei feliz em saber que o Encantado de minha mãe está evoluindo, espero que não perca a beleza, pois sou apaixonado por aquele pedaço de chão, onde repousa os restos mortais do meu bisavô Januário Correia, fundador do cemitério da cidade, contornada por serras, rios e matas, uma obra de arte do nosso bom Deus.

    ResponderExcluir

Você no Blog Nordestinos Paulistanos
jornalista cidadão.
Envie textos
fotos,
vídeos
Cultura,história da cidade,causos,linguajar,poesia,cordéis e muito mais.

TV Nordestinos Paulistanos

Mais Acessadas